sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Um amigo.

Queria ter um amigo.
Aquele amigo que a minha imaginação criou. Aquele que nunca virá a existir.
(...)
Queria ter um amigo que me ligasse para o telemóvel enquanto o dia escurecesse.
Queria ter um amigo que, contra todos os obstáculos, fosse capaz de vir visitar-me a minha casa, apenas para me ver respirar.
(...)
Um amigo que me valorizasse enquanto vivo, porque enquanto uns contemplam a luz da manhã, outros apagam-na.
Queria ter um amigo...

(...)

3 comentários:

  1. Eu sou tua amiga. Eu adoro-te. Eu tenho saudades tuas. E se pudesse... estava do teu lado, todos os dias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não acredito em ti.
      Com todo o respeito,
      c.f. .

      Eliminar
  2. Ok catarina, tu é que sabes. Acho que sabes quem sou e acho que também deves ter a noção que magoaste-me dizendo essa merda. Mas na boa, obrigada.

    ResponderEliminar